• Agência X10

Danos no botão Home do iPhone 7 só podem ser reparados pela Apple


Via de regra, sempre que um aparelho apresenta problemas os consumidores têm a opção de levá-lo a uma loja autorizada ou contratar um serviço terceirizado para realizar os reparos. Entretanto, parece que a Apple permite que apenas funcionários autorizados possam consertar o iPhone 7 caso o botão Home pare de funcionar.


O vídeo que você confere mais abaixo é cortesia do canal Michael Oberdick no YouTube.


Nele, podemos ver que caso o botão Home do novo dispositivo da Maçã pare de funcionar e um técnico terceirizado decida realizar as alterações, o Touch ID do aparelho simplesmente deixa de funcionar.


Na sequência, surge uma mensagem pedindo ao dono do smartphone para que procure um serviço autorizado para torná-lo funcional novamente.


Curiosamente, o responsável pelo vídeo relata que o iPhone 7 não vai funcionar corretamente mesmo se você alterar o componente danificado por um outro original utilizado em um aparelho similar.



Ação que gera reação


Vale mencionar que há algum tempo a Apple foi citada em um processo por conta da decisão de não permitir que terceiros realizem reparos em seus aparelhos.


O processo foi iniciado pela Australian Competition and Consumer Commission (ACCC), e toca exatamente nessa ferida: a de desabilitar iPhones e iPads que acabam enviados a lojas de serviços terceirizados.


Em fevereiro de 2016, alguns usuários relataram que seus iPhone 6 e iPhone 6 Plus deixaram de funcionar corretamente depois que o botão Home foi reparado em uma loja diferente da Apple Store.


Aparentemente os dispositivos não apresentavam alterações enquanto não fossem atualizados para o iOS 9, fazendo com que, após este procedimento, eles recebessem uma notificação de “error 53”.


Segundo a Maçã, essa mensagem foi desenvolvida para funcionar como uma forma de segurança para os proprietários do aparelho, já que o smartphone desabilita o Touch ID caso reconheça que os componentes responsáveis por essa função não “casam” com os demais dentro do dispositivo móvel – e esse pode ser o mesmo caso visto nos membros mais recentes da família iPhone.








Via PHONE ARENA // YOUTUBE/MICHAEL OBERDICK

6 visualizações0 comentário