• Agência X10

Peça da tela pode deixar o iPhone 8 ainda mais caro que a previsão


Quanto mais próximos ficamos do segundo semestre deste ano, mais informações vão surgindo na rede a respeito do iPhone 8.


Recentemente, tivemos a chance de ver uma imagem que, com base nos principais rumores, mostrou como poderia ser o próximo smartphone da Apple, e agora chegamos ao momento de divulgar algo que talvez não seja tão celebrado por muitos.


Segundo informações publicadas no Economic Daily News, há a possibilidade de que o iPhone 8 realmente chegue às lojas custando mais que os modelos que já foram disponibilizados, pelo fato de o módulo do 3D Touch presente na tela OLED custar à Apple cerca de 150% mais que as partes equivalentes vistas no iPhone 7.


Ao que tudo indica, a TPK (empresa responsável pela fabricação da tela de toque) cobra de US$ 7 a US$ 9 por iPhone vendido para habilitar o 3D Touch.


No caso do iPhone 8, esse valor seria de US$ 18 a US$ 22 por dispositivo adquirido, algo que aparentemente foi aceito pela Maçã.

E por que é tão caro?

Para aqueles que talvez estejam se fazendo essa pergunta, é válido mencionar que telas mais sensíveis ao toque costumam ter um grau maior de fragilidade e complexidade quando falamos de um modelo OLED.


Por conta disso, é necessário adicionar um material um pouco mais resistente na frente e atrás do visor para reforçá-lo.


Entretanto, o site Digitimes menciona que, geralmente, uma solução de 3D Touch para tela OLED custaria aproximadamente 50% mais se comparado com o modelo LCD.


Porém, parece que a Maçã estava de acordo com a questão de pagar um preço um pouco maior do que o praticado no mercado.


Por conta disso, é de se esperar que o próximo iPhone chegue às lojas custando um pouco mais, caso essa informação realmente se confirme.


E, como costumamos mencionar aqui na Nexstill, o melhor a fazer no momento é esperar até que a empresa faça um pronunciamento oficial sobre o assunto.

Via 9TO5MAC/BENJAMIN MAYO // DIGITIMES/ADAM HWANG

6 visualizações0 comentário