• agenciax10

50% DOS DANOS EM CELULARES É DEVIDO AOS ACESSÓRIOS FALSIFICADOS


Muitos usuários optam por utilizar acessórios falsificados e mais baratos, porém, estes podem prejudicar a saúde do seu celular. Recentemente saíram diversas manchetes na quais carregadores não oficiais ou não homologados provocam choques e incêndios.

De acordo com lojas especializadas, como a rede de assistências técnicas PLL, cerca de 50% dos danos dos dispositivos, foram causados por acessórios de baixa qualidade.

Mesmo que um item paralelo custe a metade do preço de um produto original, o conserto pode sair mais caro. Além disso, os carregadores genéricos podem afetar o desempenho da sua bateria. Entre os problemas é possível causar o superaquecimento do smartphone, além de inchar a bateria.

Diante disso, o preço elevado dos fabricantes é devido aos processos de fabricação que o item passa. Ou seja, durante a produção os acessórios fazem diversos testes de qualidade. No final da avaliação se forem classificados eles recebem a certificação da Anatel.

Como consequência é possível que os dispositivos apresentem uma vida longa devido à qualidade de desenvolvimento.

Perigo dos acessórios falsificados

Um cabo não original pode trazer diversos defeitos para o seu dispositivo. Por exemplo, ao utilizar o item é possível danificar a peça conectora do aparelho. Esta peça é aquela na qual encaixa o cabo. Outro problema é estragar o circuito integrado de carga na placa.

Um produto que não é homologado não tem como saber sobre a sua qualidade. Hoje, todo o dispositivo apresenta um padrão de qualidade próprio, portanto é importante comprar os modelos originais.

O fone de ouvido não original também pode ser perigoso para o seu dispositivo. Ao optar por um acessório falsificado ele pode danificar a entrada do conector.

Caso exista a dúvida, uma dica é procurar pelo selo da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) nos produtos. Além disso, faça as compras apenas em lojas confiáveis e não se esqueça de pedir a nota fiscal.

Fonte: TrocaFone

19 visualizações0 comentário