• agenciax10

Como escolher um carregador portátil? Veja dicas e modelos à venda no Brasil



Os carregadores portáteis são um acessório quase obrigatório nos dia de hoje. Celulares, tablets, notebooks e até caixas de som Bluetooth são alguns dos aparelhos que consomem muita energia, mas fazem mais sentido quando estão longe da tomada. No entanto, as baterias externas têm muitas variantes que interferem na qualidade e preço, causando dúvidas no consumidor na hora da compra.

Para solucionar este problema, reunimos dicas sobre como escolher um carregador portátil que atenda às suas necessidades. Confira a seguir e veja qual é o melhor modelo à venda no Brasil para você.

Observe o conector

A primeira coisa a ter atenção é com o tipo de conector do seu dispositivo. Se você quer uma bateria externa para celular, a maioria dos modelos com entrada USB vai funcionar, tendo em vista que este é o padrão mais utilizado por pelas as fabricantes de smartphone Android.

Ainda assim, é preciso estar de olho na compatibilidade. O caso mais óbvio é o da Apple, que usa o conector Lightning no lugar do USB. Cabe salientar que a conexão foi introduzida no iPhone 5. Os celulares mais antigos trazem um conector de 30 pinos e, por isso, exigem carregadores diferentes.

A Nokia e outras fabricantes adotaram, por bastante tempo, carregador com plugue de bico fino, vistos principalmente nos feature phonesantigos. Mesmo nos celulares Android atuais é preciso ter atenção se a fabricante usa o microUSB ou já incorporou o USB tipo C, padrões não intercambiáveis entre si.

Para contornar o problema, o usuário pode optar por comprar adaptadores. Modelos com diferentes versões do USB ou de USB para Lightning são as mais comuns, mas também há cabos para outras combinações.

As baterias externas com plugue USB também acabam servindo para caixas de som, e-readers e outros dispositivos. No entanto, se sua necessidade é para um notebook, o mais seguro é buscar um carregador específico para a marca em questão. Se não for possível, escolha um modelo que traga USB tipo A, já que a porta está presente em praticamente todos os laptops.

Defina a capacidade que atenderá sua necessidade

Depois de analisar o conector, verifique a bateria do seu dispositivo. Saber o valor em mAh (miliampère-hora) é fundamental para escolher o carregador portátil, já que o acessório deve ser capaz de dar pelo menos uma carga completa no aparelho.

A Power Bank Ultra Slim, por exemplo, é uma case carregadora para iPhone 4S de 10.000 mAh, o suficiente para carregar o celular quase sete vezes. Já a Ye!! Energy Pocket, que tem o conector Lightning, tem 3.000 mAh. A capacidade é bem inferior, mas ainda permite dar uma carga completa no iPhone X, cuja bateria tem 2.716 mAh.

Considerando o consumo de energia dos smartphones atuais, a Sonyestabelece como regra geral que 5.800 mAh equivale a uma carga e meia para uso pessoal; 10.000 mAh equivale a duas cargas e meia para uso profissional; e 20.000 mAh equivale a cinco cargas, podendo ser usada por diferentes dispositivos. Esses valores podem ser usados como um parâmetro, mas é imprescindível checar a bateria do seu telefone antes de comprar o carregador extra.

A mesma regra vale para a bateria externa de notebooks e outros aparelhos. Tenha em mente também que a própria transferência de carga gasta energia. Assim, um acessório com 10.000 mAh não vai conseguir passar toda essa capacidade para o dispositivo, pois uma parte será perdida durante o processo de carregamento.

Segurança

Nunca é demais bater na tecla da segurança. Isso quer dizer: fuja de carregadores piratas ou sem marca definida. Esses aparelhos muito provavelmente não passaram por testes e podem apresentar uma série de riscos, que vão desde o superaquecimento do seu dispositivo até explosões.

Se você estiver comprando um produto no Brasil, procure pelo selo da Anatel. A agência adota padrões rígidos em seus testes, o que evita curto circuitos e outros problemas técnicos. O selo é obrigatório em carregadores para celular, mas pode estar ausente em baterias para outros aparelhos. Neste último caso, procure por certificações como as do Inmetro, também exigida pela legislação nacional.

Caso pretenda comprar o carregador no mercado internacional, priorize marcas conhecidas. Sony, Samsung, TP-Link, Asus, Pineng e outras fabricantes dessa categoria obedecem aos padrões internacionais de segurança, garantindo a compra de um produto confiável.

Carregador de tomada

Quase nenhum carregador portátil acompanha o adaptador de tomada; geralmente eles vêm apenas com o cabo USB. Isso significa que você deverá já ter o adaptador que vai na parede - o que acontece na maioria dos casos - ou precisará carregar a bateria externa no notebook ou PC.

Na primeira situação, é interessante verificar a potência do seu adaptador. Caso ele seja um modelo mais antigo, de 5W, você enfrentará muitas horas para dar carga completa a uma bateria de 20.000 mAh, por exemplo. A segunda situação é ainda pior, pois o carregamento pelo computador é bastante lento.

Com isso em mente, procure nas especificações do seu adaptador de parede o valor em Watts. Muitas vezes é interessante comprar um kit com bateria extra e carregador - neste caso, escolha modelos com pelo menos 15W.

Custo-benefício

Com tantas variáveis - capacidade, tecnologia, certificações de segurança, potência, compatibilidade -, os carregadores portáteis têm uma extensa faixa de preço. É possível encontrar modelos de R$ 10 a R$ 1 mil. Por isso, é importante estar atento para não pagar muito sem necessidade e nem comprar um barato que sairá caro no futuro.

No mercado nacional, um dos melhores custo-benefícios é o da marca Pineng. O Power Bank Original Slim PN-951, que tem 10.000 mAh, é vendido por cerca de R$ 50. Um modelo com o dobro de capacidade, com o PN-917, é encontrado por cerca de R$ 90. Outras boas opções para celular são o Sony CP-VA3, que custa R$ 70 e tem como ponto positivo o design leve, e o Xiaomi Powerbank Pro de 20.000 mAh, que sai por R$ 150.

Para notebooks Dell, uma boa opção é o carregador portátil PW7015L, de 18.000 mAh, que custa R$ 700. Ele traz duas portas para diferentes versões de laptops e ainda conta com duas entradas USB, permitindo carregar smartphones, tablets e outros dispositivos com a conexão, inclusive notebooks de outras marcas.

Outra alternativa é comprar um modelo com portas de diversas fabricantes como é o caso do Jumper Tank, da Gorila Shield. O acessório tem bateria de 13.000 mAh e preço em torno de R$ 200 no varejo nacional.

Os carregadores veiculares não são bem uma bateria externa, mas podem ser uma opção barata para dar carga ao celular e tablet durante o trânsito. Os modelos com entrada USB de fabricantes confiáveis, como os da Belkin, custam cerca de R$ 15. Marcas genéricas - e, portanto, não recomendadas - podem ser encontradas a partir de R$ 4.


Fonte: Tech tudo


8 visualizações

 Desenvolvido e criado por Agência X10

Desde 2008 ®2020 - Direitos reservados a Nexstill Assistência Técnica Smartphones 

A melhor franquia de assistência técnica de Smartphones do Brasil, Troca de tela na hora em Santo André, Troca de tela na hora em São Caetanos do Sul, Troca de tela na hora em São Bernardo do Campo, Troca de tela na hora em Diadema, Troca de tela na hora em Mauá, troca de bateria IPhone Santo André, assistência †écnica Sansumg em Santo André, assistência †écnica Sansumg São Caetano do Sul, assistência †écnica Sansumg São Bernardo do Campo, assistência †écnica Sansumg Mauá, assistência †écnica Sansumg Diadema, assistência †écnica Motorola em Santo André, assistência †écnica Motorola em São Bernardo do Campo, assistência †écnica Motorola em Mauá, assistência †écnica Motorola em Diadema, assistência †écnica Motorola em Diadema, assistência †écnica Asus em Santo André, assistência †écnica Zenfone em Santo André, assistência †écnica Zenfone em São Caetano do Sul, assistência †écnica Apple, troca de bateria zenfone, troca de bateria zenfone santo andré, troca de bateria zenfone São Caetano o Sul, troca de bateria zenfone São Bernardo do Campo, troca de bateria zenfone Diadema, troca de bateria zenfone  Mauá, Conserto de celular na hora em Santo André, Conserto de celular na hora em São Bernardo do Campo, Conserto de celular na hora em São Caetano do Sul, Conserto de celular na hora em São Paulo, Conserto de celular na hora em Mauá, Conserto de celular na hora em Diadema, arrumar celular na hora em Santo André, arrumar celular na hora em São Caetano do Sul, arrumar celular na hora em São Bernardo do Campo, arrumar celular na hora em Mauá, arrumar celular na hora em Diadema.