• Agencia X10

Apple recebe multa milionária por causa da resistência à água do iPhone



Órgão regulador da Itália estabeleceu multa equivalente a R$ 64 milhões por propaganda enganosa.

A Apple foi condenada a pagar uma multa multimilionária por propaganda enganosa em relação à resistência à água do iPhone. O órgão na Itália responsável por garantir a competitividade entre as empresas no mercado (AGCM) estabeleceu multa no montante de 10 milhões de euros (cerca de R$ 64 milhões em conversão direta).

De acordo com a instituição, a empresa da maçã teria omitido o fato de que os testes de resistência à água do iPhone 8, iPhone 8 Plus, iPhone XR, iPhone XS, ‌iPhone XS‌ Max, iPhone 11, ‌iPhone 11‌ Pro e iPhone 11 Pro Max foram realizados em laboratório e não em condições reais de uso. A decisão do órgão regulador se baseia nos testes divulgados pela Apple em publicidades que afirmam que os iPhones são resistentes de 1 a 4 metros de profundidade por 30 minutos. O AGCM alega que a fabricante não deixou claro para o consumidor que estes testes foram feitos em condições específicas, utilizando água estática e pura, situações ideais que dificilmente o consumidor deve encontrar no dia a dia. Ainda segundo a decisão, a companhia fez amplo uso da resistência à água dos smartphones em campanhas de marketing, mas teria se recusado a reparar os iPhones danificados por líquidos, desrespeitando assim o código de defesa do consumidor da Itália. Além da multa, a companhia de Steve Jobs também deverá fazer um pedido de desculpas público e formal por meio do seu site oficial na Itália. De acordo com o site especializado 9to5Mac, esta decisão do órgão italiano tende a incentivar que outros países da União Europeia também tomem decisões semelhantes. Vale lembrar que a Apple já foi condenada pelo AGCM a pagar o mesmo valor em 2018. Na ocasião, a instituição questionou a obsolescência programada do iPhone. Isso porque a companhia admitiu que diminuía o desempenho de iPhones mais antigos para preservar a bateria. Outro órgão regulador francês também aplicou multa de 25 milhões de euros (R$ 160 milhões no câmbio de hoje) por conta do recurso que deixava os smartphones mais lentos.




Fonte: Tech Tudo

2 visualizações0 comentário

 Desenvolvido e criado por Agência X10

Desde 2008 ®2020 - Direitos reservados a Nexstill Assistência Técnica Smartphones 

A melhor franquia de assistência técnica de Smartphones do Brasil, Troca de tela na hora em Santo André, Troca de tela na hora em São Caetanos do Sul, Troca de tela na hora em São Bernardo do Campo, Troca de tela na hora em Diadema, Troca de tela na hora em Mauá, troca de bateria IPhone Santo André, assistência †écnica Sansumg em Santo André, assistência †écnica Sansumg São Caetano do Sul, assistência †écnica Sansumg São Bernardo do Campo, assistência †écnica Sansumg Mauá, assistência †écnica Sansumg Diadema, assistência †écnica Motorola em Santo André, assistência †écnica Motorola em São Bernardo do Campo, assistência †écnica Motorola em Mauá, assistência †écnica Motorola em Diadema, assistência †écnica Motorola em Diadema, assistência †écnica Asus em Santo André, assistência †écnica Zenfone em Santo André, assistência †écnica Zenfone em São Caetano do Sul, assistência †écnica Apple, troca de bateria zenfone, troca de bateria zenfone santo andré, troca de bateria zenfone São Caetano o Sul, troca de bateria zenfone São Bernardo do Campo, troca de bateria zenfone Diadema, troca de bateria zenfone  Mauá, Conserto de celular na hora em Santo André, Conserto de celular na hora em São Bernardo do Campo, Conserto de celular na hora em São Caetano do Sul, Conserto de celular na hora em São Paulo, Conserto de celular na hora em Mauá, Conserto de celular na hora em Diadema, arrumar celular na hora em Santo André, arrumar celular na hora em São Caetano do Sul, arrumar celular na hora em São Bernardo do Campo, arrumar celular na hora em Mauá, arrumar celular na hora em Diadema.