• Agência x10

WhatsApp virou o principal canal do cibercrime no Brasil; saiba se proteger


Nos últimos anos, o fluxo de notícias sobre golpes realizados em aplicativos mensageiros cresceu de maneira expressiva. Agora, uma pesquisa do DFNDR Lab confirma: o aplicativo WhatsApp foi o principal canal de ataque de cibercriminosos brasileiros entre outubro e dezembro de 2017.


Segundo dados do Relatório de Segurança Digital, mais de 44 milhões tentativas de ataque pelo WhatsApp foram realizadas no último trimestre de 2017. O resultado é 107% maior que o registrado no trimestre anterior, com 21 milhões de golpes.


O principal ataque realizado é o phishing, sempre acompanhado com link malicioso. Caso você não saiba, phishing é um dos métodos de ataque mais antigos, já que "metade do trabalho" é enganar o usuário de computador ou smartphone. Como uma "pescaria", o cibercriminoso envia um texto indicando que você ganhou algum prêmio ou dinheiro (ou está devendo algum valor) e, normalmente, um link acompanhante para você resolver a situação. O phishing também pode ser caracterizado como sites falsos que pedem dados de visitantes. A armadilha acontece quando você entra nesse link e insere os seus dados sensíveis — normalmente, há um site falso do banco/ecommerce para ludibriar a vítima —, como nome completo, telefone, CPF e números de contas bancárias.


Dessa maneira, alguns dos golpes de phishing que vimos nos últimos meses são: passagens grátis da Azul e LATAM, promoções da Nespresso, Netflix, Cacau Show e O Boticário, ingressos para a Copa do Mundo e inúmeros outros que usam marcas conhecidas para ludibriar vítimas.



"Para ficar protegido contra golpes no WhatsApp é fundamental manter um antivírus no celular que contenha uma ferramenta de anti-phishing capaz de bloquear as ameaças em tempo real", alerta Emilio Simoni, diretor do DFNDR Lab. "Outra ação imprescindível é usar o senso de prudência e desconfiar de promoções, promessas de brindes e grandes descontos que circulam pela internet. É preciso criar o hábito de não compartilhar com amigos e familiares nenhum arquivo ou página web cuja procedência não é conhecida".

2 visualizações0 comentário

 Desenvolvido e criado por Agência X10

Desde 2008 ®2021 - Direitos reservados a Nexstill Assistência Técnica Smartphones 

A melhor franquia de assistência técnica de Smartphones do Brasil, Troca de tela na hora em Santo André, Troca de tela na hora em São Caetanos do Sul, Troca de tela na hora em São Bernardo do Campo, Troca de tela na hora em Diadema, Troca de tela na hora em Mauá, troca de bateria IPhone Santo André, assistência †écnica Sansumg em Santo André, assistência †écnica Sansumg São Caetano do Sul, assistência †écnica Sansumg São Bernardo do Campo, assistência †écnica Sansumg Mauá, assistência †écnica Sansumg Diadema, assistência †écnica Motorola em Santo André, assistência †écnica Motorola em São Bernardo do Campo, assistência †écnica Motorola em Mauá, assistência †écnica Motorola em Diadema, assistência †écnica Motorola em Diadema, assistência †écnica Asus em Santo André, assistência †écnica Zenfone em Santo André, assistência †écnica Zenfone em São Caetano do Sul, assistência †écnica Apple, troca de bateria zenfone, troca de bateria zenfone santo andré, troca de bateria zenfone São Caetano o Sul, troca de bateria zenfone São Bernardo do Campo, troca de bateria zenfone Diadema, troca de bateria zenfone  Mauá, Conserto de celular na hora em Santo André, Conserto de celular na hora em São Bernardo do Campo, Conserto de celular na hora em São Caetano do Sul, Conserto de celular na hora em São Paulo, Conserto de celular na hora em Mauá, Conserto de celular na hora em Diadema, arrumar celular na hora em Santo André, arrumar celular na hora em São Caetano do Sul, arrumar celular na hora em São Bernardo do Campo, arrumar celular na hora em Mauá, arrumar celular na hora em Diadema.