• Agência x10

DxOMark: Galaxy Note 8 empata com iPhone 8 Plus em qualidade de câmera


O DxOMark publicou sua avaliação acerca das câmeras do Galaxy Note 8, e o aparelho da Samsung acabou por receber a mesma nota que o iPhone 8 Plus tinha recebido no fim do mês passado. Isso quer dizer que, junto com o smartphone da Apple, o Galaxy Note 8 é o melhor dispositivo mobile para captura de imagens no mundo, segundo a publicação. Nós inclusive mostramos uma compração entre os dois.


A nota total final do Note 8 foi 94 pontos, a mesma do iPhone 8 Plus. Contudo, o celular da Samsung marcou uma pontuação recorde (100 pontos) em fotografia estática, mas perdeu para o smartphone da Apple em captura de vídeo. Segundo o DxOMark, nesse aspecto, a qualidade do alcance dinâmico do Note 8 não chega ao mesmo nível do concorrente, o que resulta em vídeos um pouco piores na questão da diferença de iluminação entre partes muito escuras e muito claras.


Por outro lado, o Note 8 foi considerado o “melhor aparelho para fazer capturas com zoom”, título dado anteriormente ao iPhone 8 Plus. O smartphone coreano também consegue pontos pela ótima qualidade do efeito de desfoque de fundo, ou bokeh. Contudo, o veículo afirma que ele nem sempre funciona, mostrando resultados ruins cerca de 1/3 das vezes.


Com essas qualidades, o DxOMark classifica o Note 8 como “uma escolha incrível para entusiastas de fotografia em smartphones”. Ainda assim, a publicação ressalta que este pode acabar não sendo o melhor aparelho do ano quando o assunto é câmera. O vindouro iPhone X teoricamente teria qualidade de foto igual ou superior ao que vemos no iPhone 8 Plus, e os Pixel 2 e 2 XL da Google teriam potencial para superar todos esses modelos.


Isso se formos levar em consideração que o atual Pixel de primeira geração só foi superado por novos aparelhos com o lançamento dos novos iPhones, no mês passado. Imaginando que a Google também tenha evoluído no departamento de captura de imagem, não é difícil supor que seu novo aparelho terá um bom desempenho no teste do DxOMark. Ainda assim, é interessante destacar que, apesar de muito detalhado e metódico, o teste do DxOMark não é um atestado definitivo, uma vez que são seres humanos avaliando a qualidade das imagens e refletindo suas preferências pessoais ou de um grupo.










Fonte: TecMundo

4 visualizações0 comentário