• Agência x10

Xiaomi Mi Mix 2s é anunciado com Snapdragon 845 e até 8 GB de RAM


A Xiaomi acaba de anunciar o Mi Mix 2s, seu novo e poderoso smartphone de ponta que vem para brigar com os gigantes e tem tudo para ser um dos grandes lançamentos do ano. O dispositivo embarca o poderoso chipset Snapdragon 845 e oferece até 8 GB de memória RAM e até 256 GB para armazenamento interno.


Sua tela de 5,99 polegadas fica bastante destacada graças ao Full Screen Design 3.0, a tela infinita da Xiaomi. A resolução é de 2160x1080 pixels e a proporção de tela é de 18:9, com uma densidade de pixels de 403 ppi. A proteção fica por conta da versão 4 do Gorilla Glass e, por dentro, o aparelho traz a MIUI 9 rodando sobre o Android 8.0 Oreo.


Especificações

  • Tela: IPS LCD de 5,99 polegadas com resolução 2160x1080 pixels

  • Chipset: Snapdragon 845

  • GPU: Adreno 630

  • Memória RAM: 6 GB ou 8 GB

  • Armazenamento interno: 64 GB, 128 GB ou 256 GB

  • Câmera traseira: dupla de 12 MP (grande angular, f/1.8) + 12 MP (telefoto, f/2.4), zoom óptico de 2x, estabilização óptica de quatro eixos, flash duplo de LED

  • Câmera frontal: 5 megapixels (f/2.0)

  • Conectividade: WiFi 802.11 a/b/g/n/ac, Bluetooth 5.0, GPS/A-GPS/GLONASS/BDS, NFC, USB-C 2.0

  • Extras: leitor de impressão digital

  • Bateria: 3.400 mAh com suporte a carregamento rápido

  • Cores: preto e branco

  • Dimensões: 150,9x74,9x8,1 milímetros

  • Peso: 191 gramas

  • Sistema operacional: MIUI 9.5 sobre Android 8.0 Oreo

Mais poderoso do que o iPhone


A Xiaomi apresentou seu novo dispositivo e, sem muita modéstia, afirmou que ele passa do iPhone X em questão de desempenho. O Mi Mix 2s combina dois kits: 6 GB de RAM com 64 GB ou 128 GB para armazenamento e 8 GB com 256 GB. O dispositivo conta com GPU Adreno 630 que, combinada com o processador Snapdragon 845, oferece recursos de sobra para fazer praticamente tudo.


Visualmente falando, a sua cara renovada, sem qualquer botão físico e com bordas finíssimas, é o que mais chama a atenção. A sua traseira de cerâmica também se destaca e conta com o leitor de digitais na parte central, enquanto a dupla de câmeras está alinhada na vertical e posicionada no canto exatamente como no iPhone X. O Mi Mix 2s tem, ainda, suporte a carregamento rápido sem fio com suporte para o padrão Qi.


Câmera de respeito


Além do aspecto visual e das configurações avançadas, as câmeras do Mi Mix 2s também não deixam cair o alto nível. A dupla presente na parte traseira conta com recursos de inteligência artificial para capturar porta-retratos de forma mais eficaz, além de realizar a chamada detecção de cena, oferecendo automaticamente a melhor configuração possível para 206 tipos de ambientes distintos.


A nova câmera já chega chamando a atenção por marcar 101 pontos no teste DxoMark, o mais conceituado quando se fala em câmeras de celulares na atualidade. A pontuação média é de 97, a mesma do Mate 10 Pro e do iPhone X, apenas um ponto a menos do Pixel 2 e dois a menos do Galaxy S9+, o líder do ranking.


As lentes contam com pixels de 1.4 µm, levemente maiores do que os da geração anterior. Os pixels maiores conseguem capturar 25% mais de luz e, com isso, aprimoram a qualidade das imagens registradas especialmente em ambientes mais escuros. A câmera dupla ainda conta uma lente grande angular (f/1.8) e outra telefoto (f/2.4) com zoom óptico, autofoco aprimorado e redução de ruído multiquadro a nível de hardware.


Preço e disponibilidade


Inicialmente, o Mi Mix 2s será vendido apenas na China nas cores preto e branco. O modelo básico (6 GB/64 GB) por cerca de US$ 525 (R$ 1,7 mil), a versão intermediária (6 GB/128 GB) sai por algo em torno de US$ 575 (R$ 1,9 mil) e, por fim, a versão mais poderosa (8 GB/256 GB) custa aproximadamente US$ 640 (R$ 2,1 mil).

Apesar de não ser lançado por aqui, a Xiaomi afirma que seu novo dispositivo tem seis modos de funcionamento e suporte para 43 bandas diferentes, sendo compatível com frequências de 226 regiões em todo o mundo.




9 visualizações0 comentário